Gigantismo na Mão

Gigantismo na Mão

Gigantismo na MãoTambém conhecida como acromegalia, o gigantismo é uma doença genética rara, que afeta tanto crianças como adultos, sendo caracterizada pelo crescimento anormal de diversas partes do corpo, entre elas: mãos, pés, pernas, queixo, além de cartilagens e partes moles do corpo.

O problema da acromegalia acontece pelo excesso de produção de hormônios do crescimento (GH), muito predominante durante a infância. Durante a idade adulta, quando tais hormônios devem cessar a sua produção por conta do desenvolvimento corporal, o gigantismo é caracterizado, visto que os hormônios continuam a sua produção, desencadeando em outros sintomas que vão além do crescimento demasiado das extremidades.

Causa

A principal causa da doença, além do excesso de produção do hormônio GH, se dá pela presença de tumores benignos na hipófise, glândula localizada no centro do cérebro e responsável pelo funcionamento de outras glândulas do corpo. Pacientes que desenvolvem a doença geralmente têm uma predisposição genética na família, o que aumenta a reincidência do caso.

O gigantismo, quando desenvolvido, apresenta deformidades nas mãos, além de outras alterações musculoesqueléticas, que impactam diretamente na qualidade de vida do paciente e na sua funcionalidade.

Pacientes quando são portadoras do gigantismo variam nas alterações, visto que o crescimento das mãos pode atingir apenas um dos dedos, causando assimetria e deformidade, assim como ocorre nos pés e até mesmo nos braços, por exemplo. Quando a doença afeta apenas uma região, é chamado de gigantismo localizado.

Tratamento para gigantismo na mão. Marque sua consulta.

Tratamento para o gigantismo na mão

O tratamento contra o gigantismo se baseia na retirada do tumor na hipófise, a cirurgia é simples na maioria dos casos, visto que os tumores costumam medir 1 cm. No entanto, nas situações mais esporádicas, quando o tumor é maior, apenas um pedaço é retirado e o tratamento é complementado com radioterapia.

A aplicação de remédios supressores de hormônios também faz parte do tratamento clínico para a doença, visto o medicamento inibe a proliferação de hormônios do crescimento (GH).

WhatsApp chat