Lesão de Stener

Lesão de Stener

Lesão de Stener é conhecida como Gamekeeper ou Lesão do Esquiador, acometendo um dos ligamentos da articulação da base do polegar que fica ao lado do indicador (ligamento colateral ulnar da metacarpo-falangeana). Este ligamento é responsável pela estabilidade da articulação carpo-metacarpica e a sua lesão provoca instabilidade, principalmente quando a lesão é completa e o ligamento lesado fica sobre a aponeurose do adutor do polegar (estrutura que tem relação próxima ao ligamento).

É geralmente causada por um trauma que abduz o polegar abruptamente causando a ruptura do ligamento.

Lesão de Stener

Sintomas da Lesão de Stener

Instabilidade na base do polegar com perda de força para realização da pinça (movimento de união entre o polegar e o indicador), dificultando abertura de fechaduras, escrever, pintar e desenhar. Dor e a sensação que o dedo “sai do lugar” também são comuns.

Agende uma consulta com Dr. Gustavo Campanholi e realize os exames necessários.

Tratamento da Lesão de Stener

Diagnóstico da Lesão de Stener

O diagnóstico é essencialmente clínico, através de uma história clínica e um exame físico minucioso nota-se a instabilidade articular e podem ser solicitados exames complementares como Raio-X e ressonância magnética, pois a lesão ligamentar pode estar associada a fraturas-avulsões com arrancamentos ósseos.Lesão de Stener

 

Tratamento da Lesão de Stener

O tratamento da Lesão de Stener depende do grau da lesão, lesões incompletas ou lesões em que não há interposição entre o tendão e o local da ruptura poderão ser tratados conservadoramente, com imobilização com órtese de posicionamento do polegar. As lesões completas com instabilidade importante e interposição da aponeurose (lesão clássica de Stener) tem indicação cirúrgica visto que não ocorrerá a cicatrização do ligamento pela interposição da aponeurose do adutor.

A cirurgia consiste no reparo do ligamento e após a cirurgia deverá haver um período de imobilização com órteses de posicionamento de 4 a 6 semanas. Fisioterapia para reabilitação geralmente se faz necessária para recuperação da força e de propriocepção. Na figura abaixo a foto da incisão cirúrgica com o detalhe da lesão do ligamento.